O TRANSFOPRESS Brasil é uma rede de pesquisadores sobre a imprensa periódica publicada em língua estrangeira no Brasil. É sediada na UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” e congrega pesquisadores de várias instituições brasileiras e estrangeiras, sendo coordenado pelas Profa Dra Valéria Guimarães (UNESP) e Profa Dra Tania Regina de Luca (UNESP).

Está vinculado à rede internacional TRANSFOPRESS­ – Transnational network for the study of foreign language press, sob coordenação geral de sua idealizadora Profa Dra Diana Cooper-Richet do Centre d’Histoire Culturelle des Sociétés Contemporaines – Université de Versailles Saint­-Quentin­-en-Yvelines (CHCSC-­UVSQ).

TRANSFOPRESS Brasil constitui-se num espaço que agrega projetos individuais ou coletivos levados a cabo por estudiosos de diferentes áreas do conhecimento e que se pautam por orientações teóricas diversificadas. Ao integrar a rede os pesquisadores têm a oportunidade de compartilhar e trocar experiências, debater seus resultados e procedimentos teórico-metodológicos, participar dos eventos promovidos, no Brasil e no exterior bem como integrar publicações coletivas.

O recorte comum a unir seus integrantes é a pesquisa sobre os periódicos em língua estrangeira produzidos e impresssos no Brasil (jornais, revistas, almanaques etc.). Note-se que não estão contempladas publicações redigidas em português por imigrantes lusófonos, tampouco aquelas que circularam no país em língua estrangeria mas cuja impressão era feita fora das fronteiras nacionais. É justamente esse recorte bem preciso que dá a identidade ao projeto e circunscreve a documentação analisada, sob diferentes olhares e perspectivas analíticas.

A rede acolhe pesquisadores em fluxo contínuo, desde que obedeçam aos critérios do projeto e do CNPq, ao qual o TRANSFOPRESS Brasil está vinculado como Grupo de Pesquisa. A rede conta com apoio financeiro do CNPq por meio de Edital Universal.