VERBETES:

 Priscila Gimenez

 

Le Messager: journal politique et littéraire (1831-1832)

Le Messager: journal politique, littéraire et commercial (1832-1833)

 

Postado em 08/10/2015

Le Messager foi um dos mais importantes periódicos franceses editados e produzidos no Rio de Janeiro. Isto porque circulou durante quatro anos, tempo relativamente longo se comparado a outros jornais da primeira metade do século. De 19 de janeiro de 1831 a 29 de março de 1834, esse jornal foi publicado às quartas­-feiras e sábados por Pedro Gueffier et C. Éditeur e impresso na tipografia do proprietário – Imprimerie Gueffier et C., localizada na rua da Quitanda n° 79, com valor de quatro mil réis a assinatura relativa a quatro meses.

Durante toda sua publicação, o periódico apresenta quatro páginas dispostas em duas colunas por página. Com foco na informação textual, Le Messager não traz ilustrações nem destina espaço específico a anúncios comerciais. O atrativo do Messager é seu próprio conteúdo. Variados assuntos, como literários e científicos, são contemplados pelo editor, além da atualidade política e econômica do Brasil, da Europa e dos Estados Unidos. Artigos e notícias são subdivididos em quatro rubricas, normalmente fixas: “Chambre des députes” e “Chambre des sénateurs”, “Intérieur”, “Extérieur” e as “Variétés”. Esta última aparece fechando o jornal, ou é seguida dos   “Annonces”, uma seção bem curtinha, não fixa, que ocupa o fim da última coluna.

A estrutura interna e a formatação tipográfica do jornal permanecem praticamente inalteradas durante os quatro anos de publicação, com exceção do ano II, quando aparece a subseção “Correspondences”, inserida na rubrica “Intérieur”. Entre o ano II e III do periódico, há aparição de uma nova subparte, “Mélanges”, uma espécie de variante das “variedades”.

A partir do número 171, de 1o de agosto de 1832, Le Messager apresenta­-se com frontispício em novo formato, disposto em tamanho menor e mais aerado. Novos, também, são o subtítulo e conteúdo do periódico: Le Messager torna­se um “Journal politique, littéraire et commercial”, pois doravante agrega um quadro comercial com os “Prix Courannts, le Cours du change, et quelques Annonces d’une importante véritable pour MM. les Négociants, telles que Formations et Dissolutions de Société, Mouvements extraordinaires de la Place, Nouvelles maritimes, etc.”; entretanto, a novidade não ocupa mais do que dois terços da última coluna do jornal.

Ao longo dos quatro anos de publicação do Messager, nota­-se, ainda, certa variação da política editorial do editor. Temas e assuntos políticos, brasileiros, franceses e estrangeiros, que estruturam o jornal nos primeiros anos, progressivamente passam a dividir o espaço – ou são substituídos – por assuntos literários, culturais, científicos e de recreação.

O uso da imprensa internacional na composição do Messager é um dado que chama a atenção pelo grande volume de empréstimo de notícias e/ou artigos de variados periódicos da imprensa brasileira e internacional.

Para citar este artigo

GIMENEZ, Priscila. Le Messager: journal politique et littéraire (1831-1832) Le Messager: journal politique, littéraire et commercial (1832-1833). In: Site TRANSFOPRESS Brasil, disponível em: <http://transfopressbrasil.franca.unesp.br/verbetes/le-messager-politique/>